Como montar seu roteiro de viagem para Orlando | Passo a Passo

    A parte mais gostosa de planejar uma viagem para a Disney é decidir o que você vai fazer em cada dia: organizar seu roteiro de viagem! Quantos dias de shopping?  Quais parques visitar? Em que ordem? Vamos conversar sobre isso tudo agora :).

    Fonte de imagem: www.pinterest.com

    Antes de começar o roteiro decida:

    1º. Quantos dias e qual época do ano você vai:

    A primeira coisa é saber quantos dias você terá por lá e em qual época do ano você vai. O número de dias te possibilita visitar mais ou menos parques, ir a mais ou menos shoppings…

    Já a época do ano define as filas (alta e baixa temporada), o clima (calor -> bom para parques aquáticos, frio -> menos cansativo), as atrações especiais (HalloweenNatal, etc.) e até as promoções que você encontra.

    Ufa… Deu pra ver que essas duas informações são fundamentais para começar a elaborar seu roteiro, né? Portanto, só pense em elaborar o roteiro com o número de dias e época da viagem definidos.

    Fonte de imagem: site oficial Walt Disney World

    Fonte de imagem: www.picschristmas.com

    Fonte de imagens: site oficial Walt Disney World

    2º. Quais parques você quer conhecer:

    Depois de ter o número de dias e época, é importante saber quais parques a sua turma pretende visitar. E aí depende do estilo de vocês: gostam muito de aventura? O Busch Gardens será parada obrigatória. Vão com crianças pequenas? A Legoland poderá ser uma boa pedida. Antes de elaborar seu roteiro, sugiro que você dê uma olhada nos parques de Orlando e nas atrações que eles oferecem. Junte toda a sua turma em um “dia de sofá” e decidam juntos quais dos parques abaixo vocês tem mais vontade de conhecer:

    Parques da Disney

    Parques da Universal Orlando Resort

    Parques do SeaWorld Entretainment:

    Parques da Legoland:

    Parque da NASA:

    3º. Quais shoppings você quer visitar:

    O que seria uma viagem para os EUA sem compras? Rs… Já que você estará com a sua família reunida para decidir os parques da viagem, vale a pena pensar também nos shoppings que vocês querem visitar. E para escolher o shopping é preciso começar a pensar na sua lista de desejos de compras da viagem. Alguns shoppings e outlets muito visitados por nós são:

    Isso sem falar nos supermercados, lojas de conveniência e lojas baratinhas como:

    Fonte de imagem: www.premiumoutletorlando.com

    Fonte de imagem: www.ecouterre.com

    Como montar seu roteiro de viagem:

    A essa altura do planejamento você já está com uma lista gigante de parques e outlets que pretende conhecer, não é? Pois bem, é agora que começa a magia de montar o roteiro. Muitas pessoas acham essa parte complicada e trabalhosa. Vou descomplicar pra vocês mas, realmente, que dá trabalho, isso dá. Entretanto não se preocupe: até o fim desse post você estará craque!

    Como eu comecei a montar roteiros… nos meus tempos de guia, sempre fazíamos reuniões para definir o roteiro dos grupos antes da viagem. Eu amava esse momento que mais parecia um verdadeiro quebra-cabeça para encaixar os parques e shoppings da melhor maneira. Depois de montado o roteiro, eu fazia a viagem e via o que tinha funcionado e o que não tinha sido tão legal. Com isso fui descobrindo o segredo para um bom roteiro de viagens na Disney. Esse segredo que agora divido com vocês :). Vamos lá?

    Para montar seu roteiro você vai precisar de:

    • Lista de parques e outlets que mais quer conhecer;
    • Calendário;
    • Uma ferramenta de planilhas (pode ser Excel ou Google Planilhas, veja meu exemplo de planilha abaixo);
    • Um pouquinho de tempo e paciência para pensar nisso tudo :).

    Fonte de imagem:  www.bakerypropertymaintenance.com

    1º Passo: descartar os dias em que você não deverá fazer parques

    Sério que eu não começo meu roteiro pensando no Magic Kingdom? Seríssimo! A primeira coisa é pegar o calendário e já marcar os dias em que você não deve colocar parques disputados (como Magic Kingdom, Universal Studios e Disney’s Hollywood Studios). E quais dias são esses?

    – Sextas, sábados e domingos;

    – Feriados americanos:

    Se por acaso tiver um feriado americano durante a sua viagem (eles costumam cair nas segundas-feiras) você também deve descartar esse dia como um dia de parque. Digo isso porque os próprios americanos da região aproveitam o feriado para visitar os parques, o que os deixa muito mais movimentados #filas. Como você está de férias e pode ir qualquer dia, melhor visitar em um dia que o parque esteja vazio, né?

    Principais feriados americanos:
    • Janeiro: dia 1º (Ano Novo), 3ª segunda-feira do mês (aniversário de Martin Luther King);
    • Fevereiro: 3ª segunda-feira do mês (President’s Day);
    • Março ou abril: Páscoa
    • Maio: última segunda-feira do mês (Memorial Day);
    • Julho: dia 4 (Independence Day);
    • Setembro: 1ª segunda-feira do mês (Labor Day);
    • Outubro: 2ª segunda-feira do mês (Columbus Day), dia 31 (Halloween);
    • Novembro: 2ª sexta-feira do mês (Veterans Day), última quinta-feira do mês (Thanksgiving);
    • Dezembro: dia 25 (Natal).

    Fonte de imagem: www.dailymail.co.uk

    2º Passo: descarte os dias de chegada e partida:

    Os dias dos voos não devem ter nenhuma programação oficial. Digo isso porque o dia de chegada é mais imprevisível: o voo pode atrasar, pode ter fila na imigração, pode demorar para pegar o carro alugado… Então se programar para chegar nos EUA e ir direto para um parque é furada! Portanto sugiro descartar esse dia como opção de shopping/parque.

    Normalmente coloco uma ida ao supermercado por aqui: já é um passeio por um lugar “a cara dos EUA”, já tem algumas compras e você já abastece seu hotel com itens de café da manhã (se for o caso).

    No dia de partida o raciocínio é o mesmo: você vai levar um tempo para devolver o carro, existe uma antecedência para chegar no aeroporto, tem o tempo gasto fechando as últimas malas… Minha dica é deixar apenas uma loja ou outra para ser feita nesse dia.

    Fonte de imagem: www.usainffinity.com

    3º Passo: intercalar atividades, o segredo do bom roteiro!

    Agora seu calendário já está repleto de dias que você “não deve” fazer parques. Muito bem, vamos então começar a montar o roteiro. O maior segredo do roteiro de Orlando é saber intercalar bem as atividades. Assim você evita que a viagem fique cansativa e, ao mesmo tempo, deixa o passeio bem dinâmico. Busque intercalar:

    • Parques com show de fogos com parques sem show de fogos: gosto de intercalar dias de parques que tem shows de fogos (onde você fica até mais tarde) com parques sem shows de fogos (onde você sai mais cedo). Assim, em um dia você dorme tarde mas no dia seguinte poderá dormir mais cedo, recuperando as energias.
    • Dias de parque com dias de compras: a ideia é colocar um dia de shopping a cada 2 ou no máximo 3 dias de parque. Essa “quebra” na rotina de parque dá um descanso nos pés e ajuda a sua turma a recuperar o pique para os próximos dias, já que os passeios de compras costumam ser mais tranquilos.

    Fonte de imagem: www.pinterest.com

    Fonte de imagem: www.getyoutguide.com

    4º Passo: montar o roteiro em si:

    Muito bem, agora você já tem todas as informações para começar seu roteiro. Pegue seu calendário. Veja os dias marcados como “não deve fazer parque” e coloque no 1º dia disponível (dia de semana, sem feriado):

    • Chegada: compras no Walmart
    • 1º dia – Parque popular: pode ser Magic Kingdom, Universal Studios ou Disney’s Hollywood Studios. Dica: eu gosto de começar pelo Magic Kingdom, pois ele dá a sensação de “cheguei na Disney”, sabem?
    • 2º dia – Parque menos popular/sem show de fogos: pode ser Islands of Adventure, SeaWorld ou Universal Studios.
    • 3º dia – Compras: coloque a visita a um dos outlets Premium
    • 4º dia – Mais um parque com show de fogos: pode ser Disney’s Hollywood Studios, EPCOT ou Disney’s Animal Kingdom
    • 5º dia – Parque sem show de fogos: Islands of Adventure, SeaWorld ou Universal Studios.
    • 6º dia – Parque com show de fogos: novamente coloque um parque com show de fogos
    • 7º dia – Mais um dia de compras: mais uma pausa para compras na viagem…

    E daí por diante! Deu para entender o raciocínio? Durante os dias que você “não deve” colocar parques populares (fins de semana e feriados), coloque:

    • Dias de compras ou;
    • Parques aquáticos ou;
    • Parques mais tranquilos como: SeaWorld, Busch Gardens, EPCOT e Disney’s Animal Kingdom.

    Vá seguindo esse caminho até terminar de organizar os dias da sua viagem. Ficou faltando dia para o tanto de parques? Então volte nos parques acima e redefina as suas prioridades para essa viagem. Recomendo fazer um parque por dia apenas. Mais do que isso a viagem fica muito corrida e cansativa.

    Fonte de imagem: www.insideretail.asia

    Fonte de imagem: site oficial Walt Disney World

    5º Passo: rechear com atividades extras

    Depois de definir a base do seu roteiro (que dia você vai em cada parque e em cada shopping), você poderá rechear sua programação de atividades extras. Para isso a planilha será fundamental: Divida seus dias em manhã, tarde e noite e já bloqueie os dias que tem programação. Por exemplo: no dia de Magic Kingdom recomendo não fazer nenhuma programação fora do parque. No máximo tomar café da manhã com os personagens.

    Já no dia de Premium Outlet por exemplo, você pode aproveitar a parte da noite para jantar no Olive Garden, passear pelo I-Drive 360, curtir o Disney Springs, jantar no Medieval Times, curtir um jogo da NBA… Programinhas extras é o que não falta em Orlando! Algumas atividades extras que nós, brasileiros amamos são:

    Fonte de imagem: site oficial Medieval Times

    6º Passo: colocar isso tudo na planilha

    Cada um tem seu jeito particular de trabalhar e se organizar. Eu, particularmente, gosto muito de planilhas. Acho que a planilha facilita bem a organização. Para meus roteiros de viagem faço uma planilha super simples no Excel. Vou compartilhar agora com vocês para que vocês tenham uma base de como fazer a planilha de vocês:

    Vão preeenchendo a planilha com as programações escolhidas e quando vocês menos esperarem… Voilá: roteiro concluído!

    Roteiros prontos:

    Realmente dá trabalho montar seu próprio roteiro, né? Por isso mesmo já montei dois roteiros para vocês, levando em consideração tudo isso que disse acima! São roteiros testados e aprovados:

    • Roteiro Orlando e Disney: 12 dias
    • Roteiro Orlando e Disney: 8 dias
    • Roteiro Orlando e Disney PERSONALIZADO: se você quiser, também posso montar seu roteiro! Levo tudo isso que falei aí em cima em consideração para criar o roteiro de viagem perfeito para a sua turma. O roteiro começa com vocês respondendo um mega questionário para que a gente se conheça melhor :). Com ele vou descobrindo as preferências de vocês, sonhos que querem realizar, personagens que querem conhecer, restaurantes que querem ir… Aí mando uma primeira versão do roteiro em estilo tabela, para começarmos a conversar. Depois dos ajustes, chegamos juntos ao roteiro ideal. E aí vocês recebem um eBook digital com MAIS DE 100 páginas, onde coloco a programação completa da viagem além de dicas de como fazer a mala, imigração, como dirigir nos EUA… Enfim, tudo que vocês precisam para conhecer a Disney dos seus sonhos :).

    Fonte de imagem: site oficial Walt Disney World

    Pronto! Sabendo a época que você vai e o número de dias, pesquisando quais parques e shoppings você deseja conhecer, você deu o primeiro passo em direção ao seu roteiro de viagem. Depois descartamos os dias de fim de semana e feriados para programação dos parques, bem como os dias de chegada e partida. Antes de organizar a programação dia a dia, vimos que é importante intercalar dias de parque com shows de fogos com parques sem programação noturna. Também aprendemos que é ideal colocar um dia de compras a cada 2 ou 3 dias de parque. E aí foi só pegar o calendário e montar efetivamente o seu roteiro. Tranquilo, né? Caso você fique com alguma dúvida e queira que eu dê uma olhada no seu roteiro, eu faço sessões de consultoria. Vai ser um prazer te ajudar :).

    Gostou desse post? Então esses outros aqui também podem te interessar:


    Comente aqui...

    4 dicas para viajar com filhos | Bate-papo Patrícia Papp

    Depois que você tem filhos, dizem que a vida muda completamente. Claro, tem um serzinho novo que agora faz parte de todos os seus passeios e planos. Quando pensamos em viagem, acontece a mesma coisa: a forma de encarar as férias não é mais a mesma.

    Mas calma, muita gente acha que a coisa é mais complicada do que realmente é. Conversei com a Patrícia Papp, autora do livro Como Viajar com Filhos sem Enlouquecer, da última vez que estive em São Paulo. A Patrícia, além de escritora, faz parte do mundo dos blogs com o Viajo com Filhos e ainda é dona da editora de guias de viagem Pulp #multifunções, rs.

    Dá play aí na nossa conversa e já fica ligado em algumas dicas para tornar sua viagem com os pequenos ainda mais agradável:

    Viu só? Não é tão complicado quanto você imaginava! Nesse papo já deu pra anotar as seguintes dicas:

    1ª. Viajar com crianças de até 2 anos é bem mais barato:

    Porque elas não pagam passagem, quarto de hotel e, no caso da Disney, até 2 anos e 8 meses também não pagam ingresso dos parques #uhuuu.

    2ª. É possível levar o pequeno para os destinos que você mais gosta, adaptando o roteiro para atender as necessidades dele:

    Desde que a criança esteja confortável, trocada, e devidamente vestida para o clima, é possível fazer qualquer tipo de passeio. Buenos Aires, Nova York, Paris e Londres são ótimos destinos para quem viaja com pequenos.

    Fonte de imagem: www.happygreylucky.com

    3ª. Manter a calma durante o voo:

    Os outros passageiros costumam ser mais tolerantes quando os pais estão tranquilos. Se você estiver calmo também será mais fácil de passar tranquilidade ao seu pequeno. Demos dicas por aqui de como usar o berço de avião. Ele também é excelente para proporcionar um voo internacional ainda mais tranquilo.

    4ª. Solicite a refeição infantil para o voo:

    Muitas companhias disponibilizam refeições especialmente para os pequenos. Entre no site da sua companhia e veja se ela possui o “menu kids”. Caso ele esteja disponível é só reservar para a sua viagem.

    Fonte de imagem: www.emirates.com

    Pronto! Agora ficou mais fácil viajar com os pequenos, né? E se você vai para a Disney, se ligue nessas dicas aqui:

    Espero que vocês tenham gostado das dicas! Quem aí também já viajou com os filhos? Gostaram? Tem alguma dica para compartilhar? Contem pra gente ☺

    Beijos,
    Nine


    Comente aqui...

Voltar ao Topo